Como conseguir hipertrofia Muscular

A hipertrofia muscular é um processo altamente complexo, que se sustenta em algumas vertentes e várias etapas tem que ser seguidas para uma hipertrofia genuína, sem acúmulo de gordura de maneira saudável e coerente embasada nos princípios da fisiologia e bioquímica. Através de um treinamento correto e uma nutrição equilibrada, o objetivo é modular reguladores de crescimento muscular, hormônios e fornecer substratos com macro e micronutrientes para todo o processo de ganho de massa muscular.

Basicamente a célula muscular para crescer necessita de um estimulo. Os exercícios de força, como é o caso da musculação, geram micro lesões e stress nas células musculares, que estimulam a atividade de um grupo de células chamadas de “células satélites”, que são responsáveis por reparar o dano sofrido nas células musculares e adicionar novos núcleos, gerando recuperação muscular e hipertrofia das células. Gerado o estímulo, a nutrição entra com o papel de aumentar a síntese de proteínas musculares oferecendo substratos energéticos e estruturaispara que o organismo possa ter todas as ferramentas necessárias para a hipertrofia muscular, esta que vai acontecer durante o descanso entre as seções de treinamento.

Através da dieta e da suplementação, como exemplo a creatina, aminoácidos de cadeia ramificada, whey protein, entre outros, e a oferta de nutrientes nas horas corretas e em quantidades e qualidade adequada, podemos modular a ação de hormônios, como o GH, testosterona e a insulina, para uma otimização na síntese de proteínas musculares e ainda alguns genes, como é o caso do complexo mTOR (principalmente estimulado pela leucina) que engatilha o aumento da síntese de proteínas e consequente hipertrofia.

Resumindo a história, podemos destacar três pilares que geram a hipertrofia muscular: o treinamento que gera micro lesões musculares e estimula seu crescimento; a nutrição que modula a ação de hormônios e sinalizadores e fornece substratos para que o processo ocorra da maneira correta; e o descanso, que é quando todo esse processo de recuperação muscular, síntese de novas proteínas e consequente hipertrofia acontece!

BLOG-CTA

Deixe seu comentário