Chromium: emagrecimento e definição

Além de auxíliar no emagrecimento, o Chromium é  bastante por atletas para um bom desenvolvimento muscular

perca peso rápido com esse suplemento

O suplemento alimentar de picolinato de cromo, mais conhecido como Chromium, é bastante utilizado no combate as deficiências minerais.

Esta substância é muito importante para que haja a utilização da glicose pela insulina, portanto, é um grande aliado na prevenção e tratamento de diabetes.

Grandes quantidades de gordura no corpo prejudicam a sensibilidade a insulina; esse é o motivo pelo qual perder peso é uma tarefa tão difícil. Estudos tem demonstrado que indivíduos obesos apresentam uma facilidade maior em perder peso rápido com a ingestão desse suplemento alimentar.

Isso acontece porque ele tem papel fundamental no metabolismo da glicose, gorduras e proteínas. Dessa forma, além de queimar gordura, é possível alcançar a tão desejada definição muscular ou ganho de massa magra.

Além disso, a utilização este suplemento favorece ainda o desempenho de atletas, pois proporciona um aumento de energia e a produção de glicogênio durante o período de repouso.

O picolinato de cromo demonstra maior efetividade quando aliado a atividade física aeróbica (para emagrecimento) e musculação (para ganho de massa), e uma alimentação saudável rica em fibras e proteínas.

Esse mineral trabalha ainda no desenvolvimento do tecido muscular, apresentando uma aceleração no metabolismo e contribuindo para a diminuição da gordura corporal.  Também auxilia na adaptação do metabolismo a treinos mais intensos, auxiliando na recuperação muscular através da síntese de proteínas no músculo.

Por todos esses motivos, é um suplemento indispensável para quem procura desempenho, saúde e qualidade de vida.

Como tomar Chromium

Ingerir 4 cápsulas ao dia junto com a principal refeição.

Benefícios do Chromium

  • Maior síntese de proteínas e glicose;
  • Prevenção da diabetes;
  • Ganho de massa magra;
  • Perda de peso;
  • Mais energia e desempenho;
  • Aceleração do metabolismo.
Por Thaís Bortolozzo | Jornalista | MTB: 65.045/SP

Deixe seu comentário