Milagre? Não, é Óleo de Coco da Nutrilatina!

Estudos comprovam eficiência do Óleo de Coco, diminuindo em sete vezes mais as medidas abdominais em comparação à dieta convencional.

A linha AGE da Nutrilatina é especialmente elaborada, sendo resultado de muitos estudos e pesquisas com objetivo de identificar as principais carências nutricionais que o corpo desenvolve durante treinos de alta resistência.

Baseando-se em pesquisas que constatam a eficiência do óleo de coco a Nutrilatina desenvolveu um dos suplementos mais indicados para reduzir medidas. Além de possuir inúmeras vantagens esse suplemento é um importante aliado para se conquistar bons resultados.

óleo de coco da Nutrilatina

Pesquisas realizadas pela Universidade de Columbia, nos EUA resultaram em que a gordura do fruto pode aumentar o número de quilos perdidos durante uma dieta, chegando a atingir sete vezes mais perda de medidas do que em uma dieta sem esse suplemento alimentar, conquistando esses resultados através da geração de calor e queima de calorias.

Com o objetivo de auxiliar quem deseja perder medidas e adquirir uma barriga mais enxuta, a Nutrilatina disponibiliza no mercado o que há de mais avançado em suplementação, o Óleo de Coco da linha Age.

Esse suplemento estimula a atividade metabólica, sendo 100% puro, composto de óleo de coco extravirgem, revestido por uma cápsula de gelatina. Uma grande vantagem na composição desse suplemento em relação aos outros esta no processo de fabricação, sendo prensado a frio, garantindo assim sua alta qualidade e uma maior concentração de ativos.

O Óleo de Coco caiu no gosto popular e hoje é um dos produtos mais vendidos do mercado, sendo cada vez mais indicado para quem quer emagrecer, além de estimular o metabolismo, auxilia na queima de gordura. Mas mesmo com tantos benefícios sua ingestão deve ser controlada, sendo de extrema importância possuir uma orientação de um especialista por se tratar de um alimento calórico.

Confira a matéria sobre os benefícios desse suplemento publicada pelo portal da Rede Record o R7.com: 

 

 Por Fábio Colatto, Jornalista.

Deixe seu comentário